Toyota e Yamaha se unem para produzir um motor ‘limpo’ movido a hidrogênio

por:
30/04/2022 as 13:43
De olho na Engenharia
Toyota e Yamaha se unem para produzir um motor ‘limpo’ movido a hidrogênio

Dois grandes concorrentes na indústria dos automotores se uniram por uma causa nobre e maior: tornar real a promessa de um combustível do futuro, limpo e eficaz, e desenvolver um motor V8 de 5 litros totalmente movido a hidrogênio. A parceria entre as fabricas japonesas Yamaha e Toyota foi anunciada em um comunicado como um passo fundamental para adaptar os motores de combustão interna ao compromisso de colaborar com a política de redução e anulação da emissão de carbono, pacto colaborativo assinado pelas duas empresas junto das outras gigantes da indústria no Japão – Kawasaki, Mazda e Subaru – no final de 2021.

“Estamos trabalhando para alcançar neutralidade de carbono até 2050″, afirmou o presidente da Yamaha Motor, Yoshihiro Hidaka, no comunicado. “Ao mesmo tempo, ‘Motor’ está no nome de nossa empresa e, portanto, temos uma forte paixão e nível de compromisso com o motor de combustão interna”, disse. O motor está sendo desenvolvido para ser utilizado em automóveis, com capacidade de produzir 450 cv e 6.800 rpm, com um torque de 55 kgfm máximo e 3.600 rpm, baseado no motor de 5 litros do Lexus RC F, produzido pela Toyota, mas com modificações nos injetores, nos cabeçotes, nos coletores de admissão, e mais.

O novo motor promete um funcionamento de combustão interna mais limpo

“Os motores a hidrogênio abrigam o potencial de serem neutros em carbono, mantendo nossa paixão pelo motor de combustão interna viva. A união de empresas com diferentes culturas corporativas e áreas de especialização, bem como o aumento do número de parceiros que temos, é como queremos liderar o caminho para o futuro”, afirmou Hidaka. Segundo o comunicado, a Yamaha começou o desenvolvimento de um motor de hidrogênio há cinco anos, e a pesquisa levou à conclusão de que, mais do que somente um substituto para a gasolina, o hidrogênio possui características e melhorias singulares em seu uso.

Um Toyota Corolla que correu em 2021 com um motor movido a hidrogênio

“Todos que foram dirigir o carro de testes começaram céticos, mas saíram com um enorme sorriso no rosto”, afirmou o Takeshi Yamada, um dos líderes da equipe de desenvolvimento. Por sua combustão produzir somente água, o hidrogênio é considerado um dos mais promissores combustíveis para um futuro limpo e verde, mas a distância à neutralidade de fato é ainda grande, já que sua produção consome bastante energia e água, e na maioria das vezes utiliza combustíveis fósseis na obtenção do elemento químico: enquanto o chamado “hidrogênio verde” ainda não é produzido, o hidrogênio mais produzido e barato depende da queima do gás natural.

Fonte: Hypeness / © fotos 1, 3, 4: Yamaha/divulgação