Aluna de 11 anos ajuda a desenvolver FÓRMULA de RAIZ QUADRADA

por:
10/04/2024 as 08:30
De olho na Engenharia
Aluna de 11 anos ajuda a desenvolver FÓRMULA de RAIZ QUADRADA

Júlia Helena Pimenta Ferreira, uma estudante de 11 anos do Colégio Santa Maria Minas, em Belo Horizonte, tornou-se uma prodígio da matemática ao desenvolver um método inovador para calcular raízes quadradas. Seu feito, intitulado “Regressão de Júlia”, já ganhou reconhecimento em uma das principais revistas científicas da área, mas o caminho até aqui envolveu uma trajetória surpreendente.

A descoberta começou em abril de 2022, quando Júlia, motivada pela curiosidade, lançou uma pergunta desafiadora em sala de aula. O professor Frederico Ferreira de Pinho Tavares, longe de ignorar o questionamento, aceitou o desafio e dedicou um ano a estudos avançados para expressar matematicamente o raciocínio da aluna, resultando na criação da Regressão de Júlia.

Para entender a magia por trás da fórmula, basta seguir passos simples. Ao calcular a raiz quadrada de 144, por exemplo, o método envolve multiplicar por números próximos a esse valor e realizar sucessões. Assim, multiplica-se 10 vezes 10, que é igual a 100. Soma o resultado (100) ao número multiplicado (10) mais o seu sucessor (11), resultando em 100 + 10 + 11, totalizando 121.

Imagem: Divulgação / Jornal Nacional

Após isso, é só repetir o processo, somando o resultado ao último número utilizado mais o seu sucessor, ou seja, 121 + 11 + 12, chegando assim ao número original que é 144. A raíz quadrada será, então o último número adicionado no cálculo, que é 12.

O professor enviou a descoberta à Revista do Professor de Matemática, uma das mais respeitadas do Brasil. Júlia, ao “quebrar regras” matemáticas, e o professor, ao reconhecer a inovação, demonstraram como a matemática pode ser um campo fértil para a criatividade. Nesse ambiente, Júlia destaca que a matemática, assim como outras disciplinas, não precisa ser uma série de regras a serem seguidas, mas sim um terreno para a inovação.

Fonte: Mega Curioso / Imagem: Divulgação / Jornal Nacional