Inspirada em flores, turbina eólica une design e energia limpa

por:
05/01/2024 as 09:11
De olho na Engenharia
Inspirada em flores, turbina eólica une design e energia limpa

Fabricada com materiais ecológicos, turbina eólica foi projetada para gerar de energia doméstica, integrada à paisagem natural

Gerar energia com a força dos ventos é um dos caminhos para uma transição energética sustentável e muito importante para o futuro do planeta. Unindo este propósito com um design encantador, o neozelandês Ross Stevens criou turbinas eólicas inspiradas na natureza que, além de encantar os olhos, também têm impacto ambiental positivo.

Foto: Ross Stevens

Impressas em 3D, as turbinas eólicas desenvolvidas pelo designer imitam vasos de plantas, são recicláveis e podem ser produzidas em grande escala. A criação ganhou o nome de Power Pot Plant, ou Vaso de Energia, e integra perfeitamente tecnologia, natureza e fontes renováveis para garantir energia e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente.

Foto: Ross Stevens

A inspiração de Stevens veio de plantas com formatos semelhantes a flores. Como vasos, as turbinas eólicas foram projetadas para serem compactas, fáceis de transportas e, ao mesmo tempo, transmitirem a beleza da natureza.

O material escolhido para as Power Pot foi um biopolímero (PLA), que também tem sua origem em plantas. O desenho foi projetado para que as partes possam ser separadas facilmente, garantindo que a turbina possa ser facilmente desmontada e reciclada para uso futuro.

Foto: Ross Stevens

Em sua pesquisa recente, Ross se concentrou na impressão 3D multimaterial em microescala. Dessa forma, assim como vasos de plantas, a turbina pode ser facilmente movida e instalada utilizando materiais de origem local, como pedras, solo ou mesmo plantas, para adicionar peso à base e fixá-la. Com esta solução, as turbinas ficam integradas à paisagem, ao contrário de outros equipamentos similares, se tornando inclusive lindos objetos de decoração.

Uma vez que a turbina precise mudar de lugar, os materiais de origem local podem ser facilmente removidos e devolvidos às suas fontes originais.

Além disso, a Power Pot Plant foi projetada para ter um impacto ambiental mínimo, ajudando a aumentar a oferta de energia renovável produzida localmente sem gerar problemas ecológicos. Aproveitando os avanços em baterias de baixo custo e maior potência concebidas para veículos elétricos, a turbina pode ser uma alternativa para geração de eletricidade em escala doméstica, revelando benefícios ecológicos e econômicos a longo prazo.

Para Ross Stevens, embora a impressão 3D possui uma vantagem competitiva ao lidar com objetos que são muito grandes para moldagem tradicional ou muito complexos para montagem manual.

Seu mais recente projeto de pesquisa e desenvolvimento foi apoiado pelo grupo MADE da Victoria University of Wellington, na Nova Zelândia, mostrando a viabilidade do uso de materiais recicláveis e de baixo impacto de uma forma visualmente cativante, mas eficiente.

As pás da turbina eólica baseiam-se no princípio do rotor Savonius, um tipo de turbina eólica de eixo vertical, usada para converter a força do vento em torque em um eixo rotativo. Além de gerar eletricidade, a turbina pode aproveitar esta energia para gerar calor e iluminação própria.

Graças ao seu formato, além de produzir energia renovável, a Power Pot Plant complementa projetos arquitetônicos e paisagísticos. Materiais de base translúcidos oferecem neutralidade visual para combinar com materiais locais e naturais usados para proteção e fixação. O material ainda tem ranhuras para possibilitar a drenagem de água.

Componentes padronizados (haste roscada de aço inoxidável M8) conectam as peças impressas em 3D ao gerador e ferramentas básicas tornam a montagem e desmontagem acessíveis a uma ampla gama de pessoas.
Veja no vídeo mais detalhes sobre este projeto:

Fonte: Ciclo Vivo / Foto: Divulgação / Ross Stevens