Homem do Rio Grande do Sul, cria carro movido a óleo de cozinha que anda até 10km por litro

por:
08/06/2022 as 15:08
De olho na Engenharia
Homem do Rio Grande do Sul, cria carro movido a óleo de cozinha que anda até 10km por litro

No Rio Grande do Sul, um homem chamado Paulo Roberto Lenhardt criou um carro capaz de funcionar com óleo de cozinha

No Rio Grande do Sul, o ecologista Paulo Roberto Lenhardt, foi o primeiro homem a instalar um sistema que permite que o motor a diesel funcione à base de óleo de cozinha. O homem que mora no Rio Grande do Sul começou a reciclar o óleo de cozinha utilizado e fez uma adaptação ao seu carro, uma caminhonete S10, motor MWM 2.8 turbo, para funcionar à base de óleo de cozinha, que seria futuramente descartado.

A ideia do ecologista do Rio Grande do Sul vai muito além da questão ambiental e sanitária provocados pela destinação inadequada do óleo de cozinha. O óleo usado, é uma importante matéria-prima para um biocombustível de eficiência que pode ser comparada com a do diesel comum.

Inventor do Rio Grande do Sul viaja o mundo para aperfeiçoar o uso do óleo vegetal nos carros.

O inventor do Rio Grande do Sul viajou o mundo atrás de exemplos de uso do óleo de cozinha para os carros. A ideia está ligada aos princípios do Instituto Morro da Cutia de Agroecologia, em que faz parte, que é promover o desenvolvimento rural sustentável, através da agroecologia, e da educação ambiental, atuando de forma regional, nacional e internacional. Partindo disto, teve a brilhante ideia de substituir o uso do combustível fóssil que é um fator de poluição extremo, por um combustível sustentável.

Dentre os benefícios para quem usa um carro com combustível à base do óleo de cozinha, os ambientalistas destacam a redução de até 75% de emissão de gases do efeito estufa.

  • Ele é maluco,o óleo tá mais caro que a gasolina

    • Óleo usado, que seria descartado. Leiam a matéria, não somente o título.

      • Boa resposta kkk

      • Acontece que óleo usado é descartado por não ter utilidade, quando ele passar a ter uma utilização será cobrado, olha o GNV que era queimado e o preço que e hj.

    • Willia, ele fa uso de óleo de cozinha q é descartado, já usado, ou seja: iria para o esgoto. Custo zero.

    • Parabéns Paulo, que tenhas muito sucesso nessa invenção, fora gasolina e diesel caro, vamos aproveitar essas idéias e tornar tudo mais viavel

  • Daqui a pouco vai sumir igual aos outros! Quem inventa essas coisas desaparecem sem deixar vestígios!

  • Lembro que no SBT lá pelo meio dos anos 80, tinha o programa “Cidade contra Cidade”, uma espécie de gincana. Uma das provas era apresentar uma curiosidade. E uma cidade apresentou um carro movido a óleo de cozinha usado. O dono/inventor dizia que andava mais de 20km/litro. No caso, acho que era uma Saveiro. E o próprio Rudolf Diesel, o inventor do motor a Diesel (ooooh!) quando inventou seu motor, usava óleo de amendoim como combustível.