Novo tecido robótico é tão inteligente que reage a respiração e movimentos do usuário

por:
06/05/2022 as 20:21
De olho na Engenharia
Novo tecido robótico é tão inteligente que reage a respiração e movimentos do usuário

O Massachusetts Institute of Technology (MIT) desenvolveu, em parceria com pesquisadores da Universidade de Uppsala e do Instituto Real de Tecnologia da Suécia (KTH Royal Institute of Technology), um tecido robótico inteligente capaz de compreender e melhorar o movimento de seu usuário.

O Omnifiber, como é chamado, é capaz de reconhecer padrões de movimento do objeto que ele envolve para adequar pressão, elasticidade e vibração de forma única.

Segundo os pesquisadores, a Omnifiber é um tecido macio e adaptável para qualquer tipo de peça de roupa e pode ser uma grande revolução na tecnologia de vestuário.

O tecido possui uma camada de interna dos fios que é oca e pode ser preenchida com diversos fluídos internos. Os pesquisadores testaram a tecnologia com ar comprimido. Conectado a um computador, a OmniFiber reconhece o movimento do usuário e vai alterando a pressão com o fluido interno, garantindo maior conforto e melhor desempenho para quem está utilizando a peça.

Os pesquisadores acreditam que a tecnologia terá muita importância para auxiliar atletas de alto desempenho e artistas que utilizem muito o corpo, como cantores de ópera, que chegaram a utilizar o tecido. Entretanto, não é só isso: o omnifiber também pode ser utilizado para fins médicos.

Segundo Ozgun Kilic Afsar, um dos pesquisadores que lidera o projeto, é possível que as peças possam ser utilizadas para auxiliar em processos fisioterapêuticos e até auxiliar pacientes em recuperação de problemas pulmonares que perderam o referencial de ritmo de respiração.

“Não estamos apenas capturando esse conhecimento de uma especialista, mas também conseguimos transferir ele de forma háptica para alguém que está aprendendo”, explicou Afsar em nota publicada por Harvard.

Fonte: The Greneest Post / Fotos: Divulgação/MIT